7 erros de Fluxo de caixa que a sua empresa não pode cometer

priorizzi-fluxo-caixa-7-erros

Você sabe o que é o fluxo de caixa de uma empresa? No artigo a seguir iremos abordar o tema e conhecer quais os principais erros que são cometidos e que a sua empresa não pode cometer.

O que é o fluxo de caixa?

O fluxo de caixa é um instrumento importantíssimo, se não o principal, dentro de uma empresa, afinal, é com ele que se faz o controle financeiro da empresa.

Nele contém o registro de todas as informações de recursos que saem e que entram em um determinado período no fluxo de caixa do seu negócio e você pode escolher a frequência que pode ser realizado, sendo: diariamente, semanalmente ou até mensalmente.

Para que serve o fluxo de caixa?

O fluxo de caixa serve basicamente para controlar as finanças e assim poder acompanhar se seu negócio está financeiramente saudável. Sem um bom Fluxo de Caixa, fica muito difícil o empreendedor saber o quanto tem de saldo disponível e o quanto de capital de giro necessita para manter as operações do dia a dia funcionando ou até mesmo para definir aplicações ou eventuais gastos.

Os 7 erros principais do Fluxo de Caixa

É comum que ao tratar de fluxo de caixa, as empresas cometam alguns erros. Para ajudar você a evitar eles, fizemos um compilado dos principais erros e com dicas importantes de como escapar na hora de realizar o fluxo de caixa do seu negócio.

1) Não realizar o fluxo de caixa de forma periódica

Como primeiro erro principal que as empresas acabam cometendo é: Não fazer o controle do fluxo de caixa de uma forma periódica.

Quando não é feito, a falta de perspectiva torna impossível evitar problemas como a falta de dinheiro no final do mês, por exemplo, além de fazer parte da rotina, o controle do fluxo de caixa mostra muito sobre o futuro financeiro da empresa.

Fazer o controle de fluxo de caixa pode fazer com que, você, empreendedor, possa agir antecipadamente caso ocorra algum problema relacionado à vida financeira do seu negócio.

2) Contar com dinheiro que ainda não entrou

Este é um erro muito comum de ocorrer nas empresa: contar com dinheiro que ainda não entrou em caixa.

O ideal é aguardar os recebimentos serem efetuados antes de realizar qualquer tipo de investimento ou gasto, desta forma, você evita que o caixa fique negativo ou com valores que não correspondem à realidade do seu negócio. Portanto, a dica aqui é: lance suas vendas de acordo com a forma de pagamento do cliente.

As consequências de contar com dinheiro que ainda não entrou são inúmeras, como:

  • atraso no pagamento de despesas;
  • falta de dinheiro para investir na produção;
  • não cumprimento das obrigações financeiras estipuladas nos contratos; e
  • perca de credibilidade no mercado.

3) Não contar com mão de obra qualificada

Já falamos em outros artigos aqui do blog o quanto é importante usar um software de gestão financeira ou contar com uma mão de obra qualificada, e aqui aparece um grande erro das empresas: Não usar.

Nós da Priorizzi, estamos há 18 anos no mercado e contamos com um núcleo de profissionais que atendem especificamente o segmento de saúde, desta forma, somos referência no atendimento financeiro à este segmento.

Aqui na Priorizzi realizamos diversos tipos de serviços e atendimentos. Ajudamos você a realizar as previsões e organizar o seu fluxo de caixa, apoiamos no desenvolvimento de planos de ações para novos negócios, além da organização de processos financeiros e administrativos. O desenvolvimento destas atividades, garante o melhor desempenho do seu negócio.

4) Fazer compras ou investimentos por impulso

Assim como a dica número dois que foi: Contar com dinheiro que não entrou, essa aqui fala sobre gastar além do que se pode. Muitas vezes realizamos compras por impulso e dentro de uma empresa isso não seria diferente.

Não importa qual tenha sido o gasto ou a área afetada, seja investir num patrocínio sem antes analisar as condições, substituir equipamentos sem a análise do caixa ou, então, comprar grandes encomendas em um mês desfavorável, tudo isso só trará prejuízos ao caixa da empresa e pode colocar em risco a saúde financeiro do seu negócio. Tenha um estoque racional.

5) Juntar contas pessoais com as contas da empresa

Esse pode ser um dos erros mais comuns cometidos por empreendedores. É preciso entender que o caixa da empresa não é sua conta bancária e que não está ali para fazer saques sempre que precisar.

Uma maneira de fugir desses problemas é definir um pró-labore, que é a remuneração paga aos sócios e empreendedores pela administração, desta forma, você conquistará uma renda gerada pelo seu negócio e não precisará utilizar o valor do caixa.

6) Lançar dados errados

Aqui podemos dizer que o detalhismo é muito importante na hora de gerar um fluxo de caixa sem erros, principalmente se você faz isso de forma manual. É necessário ter foco na hora de lançar dados sobre o fluxo de caixa, pois, ao lançar algum número de forma equivocada pode comprometer o seu trabalho e trazer números falsos para a sua gestão.

Portanto, tenha atenção ao lançar os dados pois um erro pode comprometer a saúde financeira do seu negócio.

7) Não colocar o fluxo de caixa em categorias

Por último, mas não menos importante, o fluxo de caixa deve ser separado por categoria, para assim ter um controle mais apurado de todos os lucros e gastos.

É fundamental registrar separadamente as entradas e saídas previstas, as que já foram efetivamente realizadas e, também, saber de onde elas vieram, para onde e quando foram, assim, com essas informações, você terá uma organização maior sobre o que anda acontecendo na vida financeira do seu negócio.

Esse foi nosso artigo com alguns detalhes sobre o fluxo de caixa e sobre os principais erros cometidos na hora de registrar o fluxo de caixa, esperamos ter tirado todas as suas dúvidas sobre o conteúdo. Conta para a gente o que você achou do artigo, e conheça as redes sociais da Priorizzi.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Iniciar conversa
Precisa de ajuda?
WhatsApp
Olá! Podemos ajudar?